6.jpg
Portuguese English German Italian Russian Spanish

LEMBIOTECH

Laboratório de Ecologia Microbiana e Biotecnologia

Linhas de pesquisa

Os projetos do LemBiotech envolvem estudos de ecologia microbiana de manguezais do Nordeste, através de métodos dependentes e independentes de cultivo, visando o conhecimento da diversidade e estrutura de comunidades microbianas de ambientes naturais e impactados.

Pretende-se neste estudos contribuir para elucidar as alterações funcionais adaptativas das populações microbianas em resposta a diferentes tipos de impactos ambientais. Esses conhecimentos são fundamentais para o planejamento de ações preventivas ou mitigadoras de biorremediação.

Ecologia Microbiana

Os microrganismos apresentam uma imensa diversidade genética e desempenham funções únicas e cruciais na manutenção dos ecossistemas, como componentes fundamentais de cadeias alimentares e ciclos biogeoquímicos. Apesar de sua grande importância na manutenção da biosfera, estima-se que menos de 5% dos microrganismos existentes no planeta tenham sido caracterizados e descritos.

O estudo da diversidade e abundância das comunidades microbianas é importante não somente para o conhecimento dos recursos genéticos disponíveis e a sua distribuição na Terra, mas pode identificar alterações ambientais associadas a distúrbios provocados por poluentes, e ajudar a preveni-los ou remediá-los. Estudos sobre as comunidades microbianas de solos e suas atividades têm sido amplamente reportados, mas geralmente se restringem à utilização das metodologias tradicionais dependentes de cultivo.

Ecossistema estuarino

Os manguezais, considerados a coluna vertebral dos ambientes marinhos tropicais, desempenham um papel essencial na manutenção da biodiversidade oceânica, funcionando como berçário e fontes de alimento para peixes e outros animais.

O papel de exportador de nutrientes ocorre graças às altas concentrações de matéria orgânica e ao caráter anóxico, propriedades típicas das regiões de mangue. No entanto, essas mesmas condições igualmente favorecem à permanência e acúmulo de poluentes em seus solos. Esses xenobióticos podem persistir por décadas.

Assim, em longo prazo, a presença de poluentes pode causar desequilíbrio nos processos essenciais para a manutenção do ambiente, incluindo modificações nos ciclos biogeoquímicos e na cadeia alimentar, sendo ambas as situações consequências diretas de alterações na estrutura das comunidades microbianas autóctones.

Biotecnologia

Com o advento de técnicas moleculares baseadas na análise do DNA retirado diretamente de amostras ambientais (Metagenoma), avanços importantes nos estudos de ecologia microbiana têm sido registrados.

Todavia, dados científicos sobre a estrutura e diversidade das comunidades microbianas de manguezais são ainda escassos, embora se reconheça sua importância tanto para avaliar o grau de impactação causado pela ação antrópica nestes ecossistemas peculiares, como para promover ações eficazes da remediação destes impactos.

Online

Temos 2 visitantes e Nenhum membro online

Visite nossa Wiki!

Protocolos e procedimentos em Bioinformática

Projeto Petra

petra.icone

Da rocha matriz,
à Indústria do Petróleo

Você está aqui: Home Linhas de Pesquisa